A FUGA DE JOSÉ, MARIA E JESUS

José e Maria estavam sendo perseguidos por vários soldados que queriam matar o menino Jesus. Correndo apavorados, pegaram um atalho e chegaram até o meio do mato. Desesperados, resolveram fazer uma oração a Deus da seguinte maneira:

"Deus Todo Poderoso, faça com que dois anjos venham do céu e tapem a entrada da trilha para que os soldados não nos peguem!!!"

Nesse momento, Maria e José perceberam que os bandidos se aproximavam da trilha onde eles estavam escondidos e ainda viram que na entrada da trilha, tinha aparecido uma minúscula aranha, que começava a tecer uma teia.

José, cada vez mais angustiado, resolveu fazer outra oração:

"Senhor, eu te pedi anjos, não uma aranha! Senhor, por favor, com sua mão poderosa, coloque um muro forte na entrada desta trilha, para que os soldados não consigam entrar e matar nosso filhinho..."

José, então, abriu os olhos esperando ver um grande muro tapando a entrada. Mas, viu apenas a aranha tecendo a teia. Quando os bandidos entraram na trilha, onde José e Maria já se encontravam esperando apenas a morte, escutaram um dos soldados falar:

- "Vamos entrar nesta trilha!"

Mas, um outro soldado disse:

- "Não, não vá por aí, você não está vendo que tem até teia de aranha? Nada entrou por aqui, com certeza! Vamos continuar procurando nas próximas trilhas..."

E assim, José, Maria e Jesus foram salvos.

LIÇÃO DE VIDA:

Para Deus, uma fortaleza vira uma teia de aranha e, uma teia de aranha, vira uma fortaleza!